Limpeza de Caixa D'Agua

Limpeza de Caixa D'Agua Limpeza de Caixa D'Agua Limpeza de Caixa D'Agua Limpeza de Caixa D'Agua

A Osascenter limpeza de caixa d’água em Barueri. A limpeza de caixa é Tão importante quanto manter e realizar periodicamente a limpeza de caixa d' água é fazê-la de maneira correta, que garanta não somente uma higienização adequada como também proteja o meio ambiente.

Além de realizar a limpeza de caixa d' água, higienizações gerais, análises e controle, a Osascenter provê informações relevantes para que todos possam manter excelentes condições de armazenamento e consumo de água.

Uma sessão especialmente dedicada para esse objetivo, o canal de notícias está sempre atualizado com as últimas informações que vão além da importante limpeza de caixa d'água.

Higienização de Reservatórios

- Rápida: Nas operações são aplicados produtos de formulação própria que agem na remoção instantânea das incrustações inorgânicas (ferro, manganês e carbonatos) e dispensam a utilização de hidrojateamento de alta pressão, esfregões, escovas e buchas.

- Remove o biofilme: Os produtos atuam na desestabilização dos biofilmes e eliminação dos micro-organismos.

- Não compromete o revestimento: Os produtos são aplicados em baixa pressão.

- Atinge todas as superfícies: São utilizadas varas telescópicas que podem alcançar 9 metros.

- A favor do meio ambiente: Os produtos são biodegradáveis e livres de cloro e, por isso, não geram compostos pós-desinfecção.

Relatórios Pós-Operacionais

Após a execução dos trabalhos, nossa equipe desenvolve relatórios de apresentação dos serviços que agregam valor ao cliente.

- Swab Test: São realizadas análises microbiológicas das superfícies dos reservatórios antes e depois dos trabalhos.

- Certificado de execução dos serviços: Validade de 6 meses.

- Fotos das operações antes, durante e depois.

- Laudo estrutural: Check list das condições estruturais dos reservatórios.

Higienização de Tubulações

A água pode conter ferro e manganês em função da sua origem ou sistema de distribuição, além disso apresenta naturalmente na sua composição carbonatos e outros sais que em contato com oxidantes, tais como cloro, oxigênio ou ozônio, depositam-se na superfícies das tubulações.

Dessa forma, os sistemas são bloqueados, provocando os seguintes problemas:

- Perda de vazão;

- Corrosão;

- Sobrecarga de bombas de recalque;

- Elevação da dureza da água;

- Alteração de parâmetros de cor, odor e sabor;

- Contribuição para o processo de fixação de biofilmes;

Higienização de Bebedouros

Assim como em outros sistemas de água, existe a formação natural dos biofilmes em bebedouros.

Essas formações contribuem para o entupimento de dutos, contaminações microbiológicas e alteram padrões organolépticos da água tais como sabor, cor e odor.

Por isso, recomenda-se que os bebedouros sejam higienizados periodicamente, evitando o acúmulo de biofilme.

O processo consiste na dosagem de biocida biodegradável em toda a linha que tenha contato com a água.

Além disso, todas as partes do bebedouro (cuba, torneiras, carcaça do filtro, bandeja coletora) são limpas e desinfetadas com o biocida. Após a conclusão dos trabalhos são realizadas coletas de Swab Test de pontos críticos com intuito de validar a eficácia da limpeza.

Análise de Água

Todos os procedimentos de coleta seguem as determinações técnicas estabelecidas pela CETESB e FUNASA e os procedimentos de análises seguem o Standard Methods for the Examination of Water and Wastewater, publicado pelo AWWA. Os resultados das amostras das análises de água são apresentados por meio de relatórios com interpretações e medidas corretivas, considerando a legislação pertinente.

-Análises físico-químicas e microbiológicas.

-Portaria 2914: Água para consumo humano.

-Resolução SS65: Monitoramento da qualidade da água potável e controle de sistema alternativo de abastecimento.

-RDC 154: Água para hemodiálise.

-RDC 274 e 275: Água de origem mineral.

-USP 34: Água reagente.

-NBR 10818: Água para piscina.

-NBR ISO 17665: Água para esterilização de produtos para saúde.

-ISO 11731: Detecção e contagem de Legionella.

-Análise de TOC: Análise de Carbono Orgânico Total.

Os pontos mais distantes da rede têm naturalmente teores de cloro residual menores, já que existe uma perda gradativa na distribuição em função da volatilidade do produto, evaporação e decomposição a partir de processos de oxidação de elementos metálicos e matéria orgânica.

Para manter o controle microbiológico na água de consumo é importante reclorar o sistema de abastecimento, garantindo que o teor de cloro residual livre permaneça entre os limites estabelecidos na Portaria nº 518 de 25 de Março de 2004.

A Osascenter fornece serviços de cloração que incluem:

- Fornecimento de bomba dosadora em comodato. O equipamento é acionado eletronicamente por programador horário ou por ativação de bombas de recalque;

- Fornecimento regular de solução biocida à base de hipoclorito de sódio, com FISPQ, ficha de segurança e certificado de controle de qualidade;

- Visitas regulares para monitoramento do sistema, com ajustes da bomba, aferição dos teores de cloro livre em pontos eqüidistantes do reservatório em que está sendo realizada a cloração;

- Fornecimento de relatório mensal com todos os resultados observados e procedimentos realizados;

- Manutenção preventiva e corretiva da bomba dosadora.

Controle de Cor, Corrosão e Turbidez

A água pode conter ferro e manganês em função da sua origem ou sistema de distribuição, além disso, apresenta naturalmente na sua composição carbonatos e outros sais, os quais se precipitam na forma de óxidos quando reagem com oxidantes como oxigênio, cloro ou ozônio. Essas formações podem alterar padrões organolépticos da água (sabor, cor e odor).

A Portaria nº 518 de 25 de Março de 2004 estabelece os limites máximos para os seguintes parâmetros:

Cor: 15 UC Pt-Co Turbidez: 5 uT Ferro: 0,3 mg/L Manganês: 0,1 mg/L

Podem-se reverter essas situações por meio de um tratamento à base de poliortofosfato para que as moléculas de ferro, manganês e carbonatos dissolvidos sejam complexadas evitando reações de oxidação e, consequentemente, mantendo a água límpida e cristalina.

O poliortofosfato é um produto de grau alimentício, atóxico, inodoro, insípido e anti-corrosivo.

A Microambiental fornece serviços de controle de cor, corrosão e turbidez que incluem:

- Fornecimento de bomba dosadora em comodato. O equipamento é acionado eletronicamente por programador horário ou por ativação de bombas de recalque ;

- Fornecimento regular de poliortofosfato, com FISPQ, ficha de segurança e certificado de controle de qualidade;

- Visitas regulares para monitoramento do sistema, com ajustes da bomba, aferição dos teores de fosfato livre;

- Fornecimento de relatório mensal com todos os resultados observados e procedimentos realizados;

- Manutenção preventiva e corretiva da bomba dosadora.

Breve Histórico de Barueri

Município da Grande São Paulo, Barueri possui cerca de 270.173 habitantes e uma área total de 64,2 Km².

A cidade de Barueri foi fundada em 26 de março de 1.949, seu povoamento iniciou em 1.640 quando o padre João de Almeida chegou de Cananéia com seiscentos índios tupis.

A aldeia sofria constantemente devido aos ataques dos bandeirantes, que capturavam os índios com intuito de escravizá-los. Mas a luta do padre José Anchieta encorajou-os a lutar resistindo à exploração o que fez com que a aldeia crescesse em passo acelerado.

Em 1.875 foi inaugurada a primeira linha férrea de Barueri, levando maior crescimento para cidade, contudo, a ligação via Castelo Branco, foi o que gerou maior progresso ao município.

Hoje Barueri possui o 8º maior PIB do Brasil e o segundo do estado de São Paulo, isso graças ao sistema adotado pelos governantes a partir de 1.973 com aprovações de lei de zoneamento industrial que favoreceram a implantação de grandes indústrias na região.

Barueri também conta com várias opções de lazer, como parques, shoopings, bares e restaurantes, tendo como destaque o PARQUE DOM JOSÉ, uma área com mais de 90m².